CEC

Os companheiros se organizaram e passaram a se reunir para preces, em pequeno grupo, na casa do Walace, na Praia do Canto, na Rua Chapot Presvot. Pouco tempo depois, este grupo começou a participar do Culto do Lar da Senhora Iracema Ferreira dos Santos, na Rua Maria Ortiz, nº 115, no Bairro do IBES, em Vila Velha/ES, com intuito de manter-se unido. O Dalmir, filho de D. Iracema, residia com esposa e filhos, no mesmo endereço, em pequena Casa no fundo do quintal Algumas pessoas que freqüentavam a Federação, na década de 1960, e conheciam o Walace, o Palhano, o Júlio e o Dalmir, passaram a visitar o Culto no Lar de Dona Iracema, às quintas-feiras, às 20 horas.

A notícia foi se espalhando e, em breve tempo, alguns espíritas residentes na região do grande IBES e até mesmo de Vitória se juntaram aos demais. A sala já não comportava o número de participantes, tendo nascido a idéia de criar-se uma Instituição Espírita no bairro que atendesse àquela demanda. Mas, ficavam algumas perguntas no ar: Será que poderíamos ou deveríamos fundar uma Instituição? E o nome? Diante das dúvidas, decidiu-se criar uma Instituição sem o endereço futuro e sem o nome, até o momento em que se concretizasse uma visita ao Médium Francisco Cândido Xavier objetivando ouvir-lhes os conselhos ou talvez alguma orientação espiritual, através de sua pena mediúnica.